Tipos de Liderança – Qual tipo de líder você realmente é?

Tipos de Liderança – Qual tipo de líder você realmente é?

Os Tipos de Liderança se diferem entre si, apesar de que possuem diversos pontos semelhantes no conjunto da gestão.

Olá, tudo bem?

Sabia que nem todo tipo de liderança é benéfica para um grupo ou empresa? Sabia que pode até mesmo prejudicar seus resultados?

É necessário fazermos uma anamnese pessoal, entendendo o que podemos e o que devemos melhorar, seja a curto, médio ou longo prazo.

Isso porque a gestão de pessoas é necessidade básica para o bom funcionamento de uma equipe, tanto em convivência quanto em produtividade.

E então, quer conhecer os Tipos de Liderança, saber qual é o seu e onde deve melhorar? Acompanhe-nos até o final e deixe um comentário caso tiver algum dúvida.

Sem maiores, delongas, vamos lá. Leia conosco!

Qual a Importância de um Líder?

Qual a importância de um líder?

Qual a importância de um líder?

Antes de lhe mostrarmos os tipos de liderança presentes no mercado de trabalho e em outros segmentos, como a gestão de pessoas, vamos conversar um pouco sobre a sua importância.

O líder não é desenvolvido, ele nasce sendo líder. Apesar de muitas pessoas poderem desenvolver diversas habilidades que um líder possui.

Você, dono do seu próprio negócio, pode aprender a deixar de ser chefe e se tornar um líder para seus empregados.

Mas o que é um líder, qual sua importância dentro de um negócio, de uma empresa, de um time, equipe ou qualquer outra coisa?

O líder é aquele que motiva, mas não através de ordens, motiva através de exemplos e de força de vontade.

É aquela pessoa que você para, analisa e diz: bom, esse cara sim me motiva a fazer isso, ele já fez, e parece invencível.

Apesar dessa ideia de super herói, uma das características principais do líder em quaisquer tipos de liderança, é a volta a realidade.

Os tipos de liderança mostram que um verdadeiro gestor precisa mostrar aos seus seguidores que erros acontecerão, e isso é completamente normal.

Dessa forma, trabalhamos a virtude da resiliência, que é agir, levantar-se, não se deixar abater por qualquer queda e tentar novamente.

Ou seja, o líder é aquele que carrega sua equipe e motiva diariamente por meio de ações.

Tipos de Liderança

Tipos de liderança

Tipos de liderança

E quais são os tipos de liderança? Existe alguma que seja mais ativa em relação a outras? Qual delas mais se destaca?

Como você deve saber, não existe apenas um líder no mundo, existem tipos de liderança que diferem entre si.

Um dos maiores exemplos no mundo da liderança é o esporte, onde existe aquele capitão mais enérgico, e aquele mais “paz e amor”.

Mas, será que podemos separá-los por tipos de acordo com a forma que agem?

A resposta é sim. Então, acompanhe-nos e conheça os principais tipos de liderança no mundo dos negócios. Qual é o seu tipo?

Já adiantamos que: nem todos são bons. Leia conosco!

Liderança autocrática

Líder autocrático

Líder autocrático

Dentre os tipos de liderança, essa é aquela não recomendada em nenhum tipo de negócio ou outro ambiente.

Isso porque ela possui como centro o chefe, sendo o elemento que manda, distribui as ordens, e os funcionários apenas obedecem.

Aqui, os colaboradores da empresa possuem pouca ou quase nenhuma voz ativa, apenas obedecem e caso não façam isso, são demitidos.

É um tipo de liderança mais antigo, enraizada em práticas nada saudáveis para uma empresa.

Liderança liberal

Líder liberal

Líder liberal

Apesar de o nome parecer bom, seus resultados não são tão bons quanto o nome transparece a quem lê pela primeira vez.

É como se o grupo tivesse um líder, mas este não possui tanta voz ativa, e como o nome indica, o público age de forma mais liberal.

No início, a produtividade e resultados são ótimos, mas com o tempo a falta de um líder vai deixando tudo muito cômodo. É dessa forma que os resultados baixam a um nível não tão esperado, e a produtividade então, nem se fala.

Esse estilo tende a desenvolver um certo individualismo entre os membros e pouco respeito pelo líder.

Liderança democrática

Liderança democrática

Liderança democrática

A democracia vive e respira no auge de sua complexidade e participação, é considerado um dos melhores tipos de liderança que um ambiente de negócios pode receber.

Mas por que?

Basicamente, a ênfase está tanto no líder quanto no liderado, construindo juntos um local melhor para se trabalhar, produzir e viver.

O líder pede a opinião constantemente dos liderados, criando soluções em conjunto para problemas gerais.

O líder é focado na produtividade de seu grupo, mas também na qualidade de vida de cada um que completa a equipe por inteira.

Dessa forma, um ambiente colaborativo é gerado através de experiências trocadas, soluções criadas em grupo e respeito mútuo.

Esse é o tipo de liderança mais presente em novas startups, empresas jovens ou antigas que passaram por um processo de reformulação muito grande e hoje apresentam ótimos resultados em produtividade e gestão de pessoas.

Liderança coaching

Líder coaching

Líder coaching

O líder coaching é aquele famoso por suas diretrizes e principais formas de motivar seu público liderado.

Geralmente, faz parte de uma equipe contratada pelo patrão, buscando orientar melhor os seus empregados em seu cotidiano.

Está engajado na performance, ou seja, produtividade, buscando sempre oferecer melhores formas de pensamento, resultando em melhores trabalhos.

Liderança situacional

Líder situacional

Líder situacional

O líder situacional é considerado como um dos mais resilientes dentro dessa lista que estamos elaborando.

Isso porque, como o próprio nome indica, ele age de formas diferentes de acordo com a situação em que a empresa ou ambiente está vivendo.

Busca sempre as melhores soluções de acordo com o momento vivido, principalmente em questão de grupo ou equipe de trabalho.

E então, o que achou de conhecer um pouco melhor os tipos de liderança? Em qual delas seu perfil se encaixa melhor? Está afim de mudar um pouco seu método de liderança? Em qual está e para qual vai migrar?

Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Significado de Resiliência – O que é? Como Desenvolvê-la?

Significado de Resiliência – O que é? Como Desenvolvê-la?

Conhecer o real Significado de Resiliência é entender o motivo da importância que ela possui em nossas vidas, tornando-nos cocriadores de nossa própria existência e propósito de vida.

Olá, tudo bem?

Hoje falaremos um pouco melhor sobre o significado de resiliência, algo importantíssimo e que se fala cada vez mais em tempos que o propósito de vida é mais importante que obrigações cotidianas sem fundamento.

Trata-se de entender o motivo de um líder continuar liderando, mesmo em meio a um caos generalizado que possa vir a acontecer.

Portanto, caso queira conhecer o real Significado de Resiliência e também saber como desenvolvê-la em sua vida, acompanhe-nos até o final e deixe um comentário.

Afinal, sua opinião é de suma importância para nós. Sem maiores delongas, vamos lá.

Leia conosco!

O que é Resiliência?

Significado de Resiliência

Significado de Resiliência

Bom, agora que já lhe introduzimos ao conteúdo principal, está na hora de conhecer um pouco mais sobre o significado de resiliência, tanto de forma literal quanto prática.

Em tradução literal, o significado de resiliência é:

“Propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica”.

Ou então:

“Capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças.”

Em poucas palavras, uma pessoa resiliente é aquela que passa por problemas que podem desestruturar totalmente a sua base, mas possuem a capacidade de se recomporem.

Apesar de o significado levar a expressão “capacidade de se recobrar facilmente”, sabemos que não funciona bem assim, nem sempre este é um processo fácil.

Mas, é necessário.

O primeiro passo para a solução de um problema é aceitá-lo como verdade, e logo após ir em busca de soluções que sejam suficientes para restabelecerem a ordem.

Sabemos que pode ser uma luta muito mais emocional do que física quando passamos por grandes problemas, principalmente na vida de liderança, podemos ficar profundamente abalados.

Mas, pessoas resilientes mostram como a necessidade que isso se dá através de grandes problemas que já passaram.

Ponto de Inflexão

Ponto de Inflexão

Dentro do mundo do empreendedorismo podemos citar o grande líder Flavio Augusto, fundador e CEO da gigante WiseUp, rede de escolas de inglês.

A empresa referência nacional em ensino de língua inglesa, já passou por diversos problemas.

Em seus livros, aos quais já citamos em nossa publicação exclusiva sobre Livros de Liderança, ele conta sobre seus principais problemas enfrentados, a dificuldade de encará-los, mas a necessidade de ser resiliente que se fez presente.

Portanto, é bom que aprendamos tanto o significado de resiliência, quanto a sermos resilientes em ambas as esferas da vida.

Continue lendo!

Como Desenvolver a Resiliência?

Desenvolva a sua resiliência

Desenvolva a sua resiliência

Mas, existem maneiras de desenvolver a resiliência principalmente dentro do mundo da liderança e dos negócios? Como fazer para agir de maneira forte em relação a problemas desestruturadores?

O seu caráter resiliente pode ser criado levando em conta os princípios do significado de resiliência, que são: entender o problema, passar por ele, aprender com o mesmo e levantar após a queda.

Esse processo pode ser aprendido de diversas formas, e independentemente se você é um líder ou não, aprendê-lo é necessário para seu processo de vida.

Portanto, siga as dicas para desenvolver resiliência que deixamos abaixo:

Leia rotineiramente

Em primeiro lugar, leia!

Além de estimular seu processo criativo, ler irá fazer com que você entenda o real significado de resiliência, entendendo mais sobre a história de vida de pessoas influentes.

Você entenderá como esses líderes passaram por problemas e quais os princípios levaram em conta para levantarem após a tempestade.

Evite pensar negativamente

Pensar positivamente demais pode acabar gerando problemas em futuro próximo, afinal, podemos acabar deixando de colocar na balança possíveis problemas que podem acontecer.

Mas, ser negativo nunca levou ninguém a nada.

Estudos empresariais mostram que toda equipe precisa ter um “pessimista” para encontrar os problemas e um “otimista” para acreditar na solução.

Busque ser um meio termo.

Então, pense sim nos problemas que podem vir a acontecer, mas aja rapidamente para resolvê-los e não foque somente neles. Focar somente nos mesmos lhe consumirá energia e também deixará você desacreditado.

Isso é totalmente o contrário do que o significado de resiliência propõe.

Perseverança e resiliência andam de mãos dadas

Quantos conhecidos seus são ótimos no que fazem, porém sempre vemos os mesmos sofrendo para ter sucesso? Já notou que muitos desistem no meio do processo?

Acontece que resiliência e perseverança são essenciais uma a outra, isso porque desistir nos primeiros percalços do caminho é ser o contrário de resiliente.

O ser humano resiliente passa pela pedra no caminho, aprendendo com seus erros e melhorando suas estratégias. Portanto, persevere!

Defina um propósito

Pessoas que não possuem um propósito de vida, na grande maioria das vezes, estão seguindo a manada em uma direção que nem elas mesmas sabem onde irá chegar.

Trabalham pelas contas e pagam contas para trabalhar. Dessa forma, desistem facilmente, e não sabem nem ao menos o significado de resiliência, porque para elas tanto faz.

Definir um propósito significa traçar metas, em busca de algo ou alguma realização pessoal que você sonha todo dia antes de dormir ou então enquanto almoça.

Quando amamos o que fazemos, desistir não é uma opção e a resiliência é nossa aliada.

Vença a vulnerabilidade comum

Vença a vulnerabilidade comum

E então, o que achou de conhecer melhor o significado de resiliência, seu peso em nossas vidas e também a aprender como desenvolvê-la em nosso cotidiano? Ficou com alguma dúvida em relação ao conteúdo? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Dale Carnegie – Conheça a vida do escritor norte-americano!

Dale Carnegie – Conheça a vida do escritor norte-americano!

Dale Carnegie é a prova viva de que você pode ter uma vida inicialmente difícil, mas mudá-la por completo ao passar dos anos.

Conhecer a história desse escritor vai muito além de compreender sua vida, mas também em crescer em âmbitos financeiros e pessoais.

Apesar de já ter falecido, seus ensinamentos ainda percorrem todos os cantos do planeta por apresentarem resultados unidos a um estilo de vida único.

Acompanhe-nos nessa leitura e conheça um pouco mais sobre a vida de Dale Carnegie. Vamos lá:

Início humilde e trabalhador

Apesar de você conhecer a figura de Dale Carnegie como um grande instrutor, seu início não foi bem assim.

Assim como diversos outros nomes marcantes da história, Dale Carnegie teve um início humilde, trabalhando muito, mas que já mostrava o quão promissor era.

Nascido na cidade de Maryville, pequeno vilarejo do estado de Missouri, nos EUA, sua família era pouco abonada financeiramente.

Essa situação condicionou Carnegie a trabalhar duro desde cedo.

Apesar de ter que trabalhar na fazenda da família desde cedo, seus interesses em estudos eram notórios desde criança, quando lia em seu tempo livre.

Faculdade e primeiros empregos

Apesar de ter se formado na faculdade do estado de Missouri, Warrensburg, Carnegie trabalhou em empregos diversos.

Desde vendedor de toucinhos até mesmo banha de porco, vendedor de cursos por correspondência para fazendeiros, dentre outras ocupações.

Mas, a mudança de vida de Dale Carnegie estava por vir logo após seu último emprego ter lhe dado notoriedade, o de radialista.

Seria em 1912 que iria iniciar seus treinamentos sobre falar em público, o que viria a mudar a sua vida completamente.

Logo após ter ministrado seu primeiro treinamento, Dale Carnegie viu ali uma chance de subir consideravelmente na vida. Mas como esse curso surgiu?

A Filosofia do Sucesso

A Filosofia do Sucesso foi um estudo que perdurou por mais de 20 anos, coordenado por Napoleon Hill.

Napoleon Hill foi um dos maiores estudiosos do meio empreendedor de todo o mundo.

Dedicou 20 anos de sua vida ao estudo da vida de pessoas que obtiveram não somente sucesso financeiro, mas também nos âmbitos social e pessoal.

Buscando dessa forma estabelecer relações, caminhos que poderiam ser seguidos por quem realmente busca o sucesso por completo.

Dale Carnegie já se aproximava dos conhecimentos que possuía em entender as pessoas e sua perfeição em falar em público já era reconhecida.

Foi um dos convidados por Napoleon Hill para participar do estudo.

E a partir desse estudo, surgiu então a vontade de ministrar um curso próprio, um treinamento sobre a arte de falar em público e se relacionar com as pessoas.

Mal saberia que sua vida mudaria drasticamente, já que seus ensinamentos mudariam não somente a própria vida, mas a de milhares de pessoas que contratavam seus serviços.

Por que escolheu pela “arte de falar em público”?

Mas, se Dale Carnegie conheceu A Filosofia do Sucesso por dentro, então por que escolher somente por um pilar?

Apesar de possuir diversos livros falando sobre outros pilares, Carnegie sempre considerou trivial e primário a arte de falar em público.

Ele dizia que um bom vendedor ou um bom influenciador nunca ficaria sem dinheiro.

Então adaptou seu curso para que seus alunos pudessem usufruir ao máximo dessa premissa. Foi quando surgiu o Dale Carnegie Training.

Dale Carnegie Training

Iniciado no ano de 1912, o Dale Carnegie Training continuou um sucesso até mesmo depois de sua morte.

Atualmente, está presente em aproximadamente 97 países, tendo possuído mais de 9 milhões de alunos totalmente formados, com mais de 3 mil instrutores.

Sua filosofia do sucesso diz que se alguém sabe falar em público, então nunca ficará sem dinheiro, e consequentemente terá sucesso pessoal em sua vida.

O treinamento começou com a boa técnica de venda de Dale, mas em pouco tempo se mostrou ainda mais eficaz.

Isso porque ao passar dos anos, o principal vendedor de suas conferências se tornou os resultados de seus próprios alunos.

Tornou-se comum encontrar depoimentos de seus anos em suas conferências, apresentando resultados e relatos pessoais sobre o quanto o treinamento havia lhe ajudado.

Portanto, podemos concluir que os ensinamentos de Dale retirados da Filosofia do Sucesso realmente convertiam bem.

Posteriormente, lançou seu livro mais conhecido, em 1936, Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, que se trata de um resumo de seu próprio curso, como o próprio autor cita.

E então, já conhecia sobre a história do autor?

Obras de Dale Carnegie

Caso tenha se interessado pelos escritos do senhor Carnegie, leia abaixo uma pequena lista com suas obras principais, e busque conhecimentos através dos mesmos.

Indicamos a leitura de todos, sem exceção, já que cada um pode se encaixar de maneira diferente a partir do momento em que você está vivendo. Leia:

  • Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas;
  • Como Evitar Preocupações e Começar a Viver;
  • O Líder em Você;
  • Como Falar em Público e Influenciar Pessoas no Mundo dos Negócios;
  • Como Desfrutar da sua Vida e do seu Trabalho;
  • Administrando Através das Pessoas;
  • Lincoln – Esse Desconhecido;
  • Como Venceram os Grandes Homens;
  • Como Falar Facilmente.

E então, ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo. Até a próxima!

Steve Jobs – Conheça 7 Virtudes de sua Filosofia de Vida!

Steve Jobs – Conheça 7 Virtudes de sua Filosofia de Vida!

Steve Jobs é um verdadeiro exemplo para todo e qualquer líder em qualquer área de atuação no mundo.

Olá, tudo bem?

O criador da Apple nos deixou há alguns anos, mas seu legado continuará para toda a história.

Seja por seu espírito inabalável e resiliente, ou então por um senso criativo incrível, Steve será lembrado para sempre.

O homem que possui o termo “trabalho” em seu sobrenome, revolucionou a história da informática e tecnologia, e possui muito a nos ensinar mesmo depois de falecido. Logo após sua saída da Apple, a empresa despencou em ações e valor de mercado por falta de inovações e de seu espírito de liderança. Mas, ao voltar ao cargo de CEO da empresa, recolocou a marca como uma das principais do mundo, e atualmente está em um pedestal que dificilmente será alcançado por outras marcas do mesmo segmento.

Portanto, caso queria conhecer as 7 principais características de Steve Jobs que inspiram qualquer líder ou empreendedor, acompanhe-nos até o final e deixe um comentário caso tiver alguma dúvida.

Vamos lá, leia conosco!

7 Pilares de Steve Jobs que Inspiram Líderes

Como mencionamos na introdução acima, hoje é dia de conhecer pilares essenciais da filosofia de vida de Jobs.Foi através delas que ele se tornou talvez o maior líder dentro da área da inovação e empreendimento. E claro, com o auxílio de seu instinto único. Portanto, leia conosco e aprenda com Steve!

Ame o que faz

A primeira regra que Steve carregava em seu estilo de vida, está no amor pelas coisas que fazia. Jobs era um amante incansável de cada detalhe de seu trabalho, e foi isso que o afortunou financeiramente. O dinheiro não tem que ser o alvo, mas a consequência de um trabalho bem feito. Portanto, ame o que faz a cada segundo de sua vida.

Até onde sabemos, possuímos apenas uma vida. Você está amando o que está fazendo nela?

Visão particular

A visão que Jobs possuía do mundo era muito particular, mas ela pode ser alcançada sem muito esforço.

Ele acreditava que tudo aquilo que emanamos para o mundo, volta para nós, e que não temos outras chances de repetição. O tempo passa e pronto, não é como um jogo de vídeo game onde tudo remoça logo após a perda. Portanto, realmente haja como se fosse seu último dia de vida, ame as pessoas e o entorno das mesmas.

Todo dia de manhã ele acordava e se perguntava em frente ao espelho do banheiro “e se eu morrer hoje, será que estou orgulhoso do que construí?”.
E você? Está?

Elimine o desnecessário

Qual seu celular? Um iPhone? Há grandes chances que sim, ou então pode não ser, mas com certeza você conheça alguém que tem um. Apesar de possuir um sistema operacional de última geração, os celulares criados pela Apple até hoje possuem fácil manuseio. O seu senso de inovação partia da premissa que tudo que é desnecessário precisa ser descartado.

Ele dizia que uma criança de 8 anos precisava saber mexer em seus celulares, e foi dessa forma que Steve Jobs mudou toda a telefonia mundial. Então, o que tem de desnecessário em sua vida? Elimine e deixe-a simples, leve.

Criatividade é a chave de tudo

Um líder verdadeiro precisa ter como uma de suas virtudes principais, a criatividade. Isso porque segundo Jobs, é ela quem conecta as coisas e acaba por trazer as novas e ideias e fazer tudo funcionar.

Portanto, aflore, desenvolva e busque por criatividade. Algo que surja em sua cabeça nesse momento pode não ser necessário, mas pode ser que você utilize em pouco tempo sem se dar por percebido.

Venda sonhos


Steve tinha em mente que a necessidade em criar uma relação afetiva entre seus produtos e clientes era necessário. Jobs não queria vender celulares, mas sonhos, e podemos provar como conseguiu realizar esse feito de criação afetiva. Como um usuário de iPhone chama seu celular? De celular? Não, de iPhone. E um usuário de Samsung, fala “meu Samsung”? Não.

Portanto, faça com tanto amor que seu cliente se sinta parte daquele produto, venda sonhos! Você líder, faça com que seu liderado se sinta parte de seu projeto, faça seu projeto se tornar o sonho de vida dele!

Domine sua mensagem

Mas, ainda falta uma de suas virtudes, que talvez seja a principal. Não adianta ser virtuoso, inovador e vender sonhos, se não conseguir passar credibilidade e convencer seus liderados de que caminho seguir. Domine sua mensagem, aprenda a convencer as pessoas, use de todo o domínio da linguagem para que não somente ouçam, mas sintam.

Pode ser difícil, mas essa habilidade pode ser trabalhada e em pouco tempo pode estar sendo bem dominada. E então, o que achou de conhecer um pouco mais sobre as virtudes e pilares da filosofia de vida de Steve Jobs? Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Henry Ford – A personificação perfeita da liderança positiva!

Henry Ford – A personificação perfeita da liderança positiva!

Henry Ford foi um dos maiores líderes empreendedores que a humanidade já conheceu. Olá, tudo bem? Construir um império não é fácil para ninguém. Mas para um fazendeiro de 16 anos que perdeu sua mãe e herdou uma pequena fazenda, é mais difícil ainda. Esse foi o início da vida de um dos maiores empreendedores da história. Mas, o final foi bem diferente como já sabemos. Leia conosco e aprenda as principais características de liderança de Henry Ford e entenda como ele se tornou quem se tornou. Deixe um comentário caso possuir alguma dúvida. Leia conosco!

Características de Henry Ford para Líderes

Henry Ford

Características de Henry Ford para líderes

Conforme mencionamos, hoje trouxemos características únicas sobre a vida de Henry Ford. Elas elucidam de maneira clara o porquê este homem se tornou tão próspero naquilo que fazia. Tornando-se referência mundial no setor automobilístico e empresarial até os dias atuais após a sua morte. Portanto, atente-se aos detalhes e tente extrair o melhor da carreira de Ford para a sua. Leia:

Perseverança

Perseverança

Perseverança

Começamos nosso aprendizado de hoje com Henry Ford falando sobre sua perseverança. Ford era um exemplo de resiliência. Isso porque ele não desistia de algo que achava possível, até conseguir. Um dos melhores exemplos disso, foi ao tentar milhares de vezes até conseguir implantar um motor V8 em um carro popular para a época. Dessa forma, revolucionou o automobilismo. Não por pouco, Henry Ford é chamado de “Pai do Automóvel”, ao qual conhecemos hoje. Foram diversos protótipos que não funcionaram até chegar a versão perfeita. Mas, isso não desanimou Ford. Pelo contrário, serviu como principal mecanismo de incentivo ao mesmo.

Liderança Nata

Um funcionário trabalha pelo dinheiro, na grande maioria das vezes. Mas com os funcionários de Ford, isso era diferente. Isso porque ele fazia com que os mesmos se sentissem parte daquela realização. Dessa forma, os mesmos se sentiam incluídos no crescimento da empresa. E ninguém entrega algo melhor do que aquele que faz por amor. Inclusive seus engenheiros sofriam juntos ao não conseguirem alcançar o motor V8. Assim, aquela tarefa se tornou uma meta de vida para cada um.

Metas Definidas

Metas definidas

Metas definidas

Conforme mencionamos, Henry Ford era uma pessoa destemida, resiliente e perseverante. Assim, largou tudo o que tinha logo aos 16 anos, quando perdeu sua mãe. Na época, o comum seria ele continuar com a fazenda de sua família, que agora se tornara dele. Mas, ele sabia que aquilo não era o que desejava. E mesmo tendo tudo contra si, ele continuou no caminho que desejava, que era se tornar um engenheiro de motores automobilísticos. Perseverou e se tornou o líder mundial que hoje conhecemos.

Escolhia pela Inteligência

Outro detalhe interessante, Henry Ford sempre soube escolher os melhores para a sua equipe. E isso não se tratava em escolher aquele que possuía a melhor posição social, ou então o que possuía mais dinheiro. Ele se rodeava de pessoas experientes no que faziam, ou seja, desempenhavam um trabalho exímio. Citado diversas vezes em livros de Napoleon Hill, Henry Ford ficou marcado por ter uma inteligência acima da média, mesmo nunca tendo concluído nem ao menos o ensino fundamental. Não é incrível? Você não precisa entender sobre tudo. Mas, precisa se rodear de pessoas que entendem muito sobre algo em específico. Dessa forma, terá o todo em suas mãos.

Valorização Profissional

Valorização profissional

Valorização profissional

Outro ponto essencial na carreira de Ford que podemos levar para nossas vidas como líderes, era a valorização profissional. Os salários eram fixos naquela época, e com horas trabalhadas fora do comum. Ford foi o primeiro a pagar pela produtividade de seus funcionários. Dessa forma, eles diminuíam a carga horária, mas entregavam muito mais do que anteriormente. Portanto, tenha uma posição crítica em relação ao seus liderados, mas também saiba quando deve valorizá-los por seus feitos.

Master Mind

E por último, sendo talvez o ponto mais importante, chegamos ao Master Mind. Mas o que é o Master Mind? Como Napoleon Hill citava, trata-se de um grupo de pessoas com mútuos desejos que se auxiliam por meio de conversas e reuniões. Em tradução literal, significa “mente mestra”. Em resumo, trata-se de cercar-se de pessoas que irão lhe auxiliar a pensar em maneiras novas de atingir o seu objetivo, sempre pensando pelo lado positivo. Isso Henry Ford fazia melhor do que ninguém. Não necessariamente são sócios, mas podem ser amigos, conhecidos ou outras pessoas que trocam ideias, informações e experiências. Lembre-se de sempre estar perto de pessoas que querem o seu bem. Ou seja, que querem ver você muito bem, mesmo que isso signifique estar melhor do que elas. Pessoas mais inteligentes que você ou que também busquem a prosperidade financeira, pessoal e profissional. Exclua da sua vida pessoas que lhe trazem energias ruins e pensam apenas no pior. É ótimo ter alguém realista por perto para lhe apontar os possíveis erros que você está cometendo ou que podem acontecer. Mas isso é diferente de pessoas pessimistas que lhe desmotivam diariamente, a cada segundo. Monte o seu Master Mind!
Henry Ford

Master Mind

E então, o que achou de conhecer um pouco melhor sobre as filosofias de vida de Henry Ford? Já possui um Master Mind? Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo! Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Mais Esperto que o Diabo – Um guia para o sucesso, por Napoleon Hill!

Mais Esperto que o Diabo – Um guia para o sucesso, por Napoleon Hill!

Mais Esperto que o Diabo é um dos livros mais vendidos do autor, Napoleon Hill.

Olá, tudo bem?

Não seria sensacional se tivéssemos um guia para o sucesso?

Ou então, um guia sobre o que não devemos fazer caso quisermos alcançar o sucesso pessoal e profissional?

Dicas simples, mas complexas ao mesmo tempo quando fôssemos partir para a prática.

É essa a proposta que Napoleon traz em seu livro, que apesar de ter sido escrito em 1938, só foi publicado em 2011.

A grande maioria dos livros de Napoleon trazem dicas para seguirmos um caminho para o sucesso.

Esse fala o contrário.

Assim, o livro trata sobre coisas que devemos evitar, afim de melhorar nossos resultados em todas as áreas da vida, alcançando o auge.

O mais curioso sobre o livro é: essas dicas foram dadas pelo Diabo, para o próprio Napoleon Hill, segundo o próprio autor.

Confuso?

Então nos acompanhe até o final e entenda melhor sobre a história de Mais Esperto que o Diabo, quais seus principais objetivos e até onde essa história é real.

Deixe seu comentário caso possuir alguma dúvida, dessa forma poderemos lhe ajudar.

Sem maiores delongas, vamos lá!

Leia conosco!

Quem é Napoleon Hill?

Mais Esperto que o Diabo

Quem é Napoleon Hill?

É interessante iniciarmos esse conteúdo falando um pouquinho sobre seu autor, Napoleon Hill.

Mas afinal, quem foi Napoleon?

Napoleon foi um grande estudioso da área de finanças e relacionamento humano.

Ele possui imensa contribuição para a liderança, empreendedorismo e mundo das finanças.

Sua série de livros funciona como um guia para qualquer ser humano alcançar o sucesso profissional e financeiro.

Assim, todos os seus escritos se tornaram best-sellers.

Ele acreditava que se você seguir os passos de quem já foi bem sucedido, então pode chegar ao auge também.

Passou mais de 30 anos da sua vida analisando pessoas bem sucedidas no campo pessoal, financeiro e profissional.

Assim, buscou quantificar em números, regras e orientações quais os passos que deveríamos seguir para chegar ao mesmo sucesso.

E ele conseguiu.

Portanto, recomendamos que caso nunca tenha lido seus livros, que inicie.

Temos certeza que irá amar cada linha.

O Encontro com o Diabo

Uma das maiores polêmicas do livro Mais Esperto que o Diabo, é que Napoleon relata que realmente se encontrou com o anjo caído.

Muitas pessoas e críticos literários como também do campo empreendedor entendem isso como uma sátira.

Mas, outras pessoas acreditam que seja real.

Como se Hill tivesse vindo ao mundo buscando entregar maneiras de prosperar na vida que aprendera em seus estudos.

Esse encontro aconteceu justamente em um ponto crítico na vida de Hill.

E segundo o mesmo, a partir dali tudo mudaria.

O Diabo havia lhe entregue uma série de informações que serviriam como alcunha para o sucesso e para fugir das artimanhas do próprio anjo caído.

Dessa forma, Napoleon vai explicando a medida que narra a história.

Principais Pilares do Livro

Conforme mencionamos, falaremos sobre os principais pilares que o livro trata.

Em suma, são práticas, sensações, pensamentos dentre outras ações que devemos evitar caso desejemos alcançar o sucesso.

Todas essas informações foram repassadas pelo Diabo, que se auto intitula como “Sua Majestade”, para Napoleon Hill.

Leia:

Medo

Mais Esperto que o Diabo

Medo

O medo é um dos primeiros assuntos a serem tratados no livro.

O personagem da história diz a Hill que esse é um dos maiores impasses da humanidade.

E como ele é quem é, diz utilizar do medo para acabar com o sonho de diversas pessoas.

Uma pessoa de sucesso não pode deixar que o medo a impeça de fazer as coisas.

Todos nós podemos possuí-lo, mas em momento nenhum devemos deixar que ele tome as rédeas da situação.

Portanto, caso estiver com medo de fazer algo, vai com medo mesmo.

É melhor viver uma vida com histórias do que de arrependimentos.

Raiva

Raiva

Raiva

Mas, não é somente o medo que devemos evitar que tome conta da situação.

A raiva também faz parte disso.

O personagem diz que quando quer que a pessoa perca o controle de tudo, ataca com a raiva.

O autor dá dicas sobre o controle da mesma, mas não iremos nos ater aos detalhes.

Recomendamos que leia o livro, é enriquecedor!

A pessoa com raiva toma decisões precipitadas, “no calor do momento”, da maneira irracional.

Analisa a sua própria situação, mas não a situação completa.

Portanto, quando estiver com raiva busque não tomar decisões precipitadas.

Caso necessário, deixe para o outro dia aquilo que iria fazer.

Procrastinação

Mais Esperto que o Diabo

Procrastinação

Outro ponto essencial na vida de uma pessoa de sucesso é a organização e tomada de decisão, fazer aquilo que é necessário.

Portanto, devemos evitar a procrastinação ao máximo.

Ao deixar para amanhã, você já está procrastinando.

É óbvio, ficar deitado, assistir televisão ou então jogar algo é muito mais prazeroso do que fazer o trabalho que é necessário.

Mas lembre-se sempre: trata-se de algo necessário.

Assim, postergar não irá resolver a situação, ela continuará existindo.

Dessa forma, ao procrastinar, você acumula uma série de ações que eram necessárias e possuíam suas horas certas de serem feitas.

Ao postergar, você se desorganiza e faz tudo de maneira rápida e sem qualidade.

Organize-se, evite a procrastinação ao máximo!

Ciúmes

Ciúmes

Ciúmes

E por fim, o livro Mais Esperto que o Diabo fala sobre um dos maiores males da humanidade em nosso século atual, o ciúmes.

Por que as relações dos dias atuais não duram como as do passado?

Tirando as exceções, como falta de respeito e outras situações que não vem ao caso comentar, o ciúmes é um dos principais causadores de separações e divórcios.

Mas não somente em relacionamentos, como também em qualquer outro âmbito da vida.

O ciúmes é capaz de arruinar uma carreira, seja ela pessoal ou profissional.

Portanto, aprenda a compartilhar e confiar.

Ter ciúmes é normal, mas assim como o medo e a raiva, não podemos deixá-lo tomar conta da situação.

Se não tudo vai por água abaixo.

Alinhe sua vida para o sucesso em todos os âmbitos possíveis

Alinhe sua vida para o sucesso em todos os âmbitos possíveis

E então, já conhecia o livro Mais Esperto que o Diabo? Vai comprar e estava buscando por alguma resenha online?

Conhecia Napoleon Hill? Acha mesmo que ele teve essa conversa com o Diabo ou foi somente uma metáfora que ele usou para despertar a atenção de seu público?

Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!