Tipos de Liderança – Qual tipo de líder você realmente é?

Tipos de Liderança – Qual tipo de líder você realmente é?

Os Tipos de Liderança se diferem entre si, apesar de que possuem diversos pontos semelhantes no conjunto da gestão.

Olá, tudo bem?

Sabia que nem todo tipo de liderança é benéfica para um grupo ou empresa? Sabia que pode até mesmo prejudicar seus resultados?

É necessário fazermos uma anamnese pessoal, entendendo o que podemos e o que devemos melhorar, seja a curto, médio ou longo prazo.

Isso porque a gestão de pessoas é necessidade básica para o bom funcionamento de uma equipe, tanto em convivência quanto em produtividade.

E então, quer conhecer os Tipos de Liderança, saber qual é o seu e onde deve melhorar? Acompanhe-nos até o final e deixe um comentário caso tiver algum dúvida.

Sem maiores, delongas, vamos lá. Leia conosco!

Qual a Importância de um Líder?

Qual a importância de um líder?

Qual a importância de um líder?

Antes de lhe mostrarmos os tipos de liderança presentes no mercado de trabalho e em outros segmentos, como a gestão de pessoas, vamos conversar um pouco sobre a sua importância.

O líder não é desenvolvido, ele nasce sendo líder. Apesar de muitas pessoas poderem desenvolver diversas habilidades que um líder possui.

Você, dono do seu próprio negócio, pode aprender a deixar de ser chefe e se tornar um líder para seus empregados.

Mas o que é um líder, qual sua importância dentro de um negócio, de uma empresa, de um time, equipe ou qualquer outra coisa?

O líder é aquele que motiva, mas não através de ordens, motiva através de exemplos e de força de vontade.

É aquela pessoa que você para, analisa e diz: bom, esse cara sim me motiva a fazer isso, ele já fez, e parece invencível.

Apesar dessa ideia de super herói, uma das características principais do líder em quaisquer tipos de liderança, é a volta a realidade.

Os tipos de liderança mostram que um verdadeiro gestor precisa mostrar aos seus seguidores que erros acontecerão, e isso é completamente normal.

Dessa forma, trabalhamos a virtude da resiliência, que é agir, levantar-se, não se deixar abater por qualquer queda e tentar novamente.

Ou seja, o líder é aquele que carrega sua equipe e motiva diariamente por meio de ações.

Tipos de Liderança

Tipos de liderança

Tipos de liderança

E quais são os tipos de liderança? Existe alguma que seja mais ativa em relação a outras? Qual delas mais se destaca?

Como você deve saber, não existe apenas um líder no mundo, existem tipos de liderança que diferem entre si.

Um dos maiores exemplos no mundo da liderança é o esporte, onde existe aquele capitão mais enérgico, e aquele mais “paz e amor”.

Mas, será que podemos separá-los por tipos de acordo com a forma que agem?

A resposta é sim. Então, acompanhe-nos e conheça os principais tipos de liderança no mundo dos negócios. Qual é o seu tipo?

Já adiantamos que: nem todos são bons. Leia conosco!

Liderança autocrática

Líder autocrático

Líder autocrático

Dentre os tipos de liderança, essa é aquela não recomendada em nenhum tipo de negócio ou outro ambiente.

Isso porque ela possui como centro o chefe, sendo o elemento que manda, distribui as ordens, e os funcionários apenas obedecem.

Aqui, os colaboradores da empresa possuem pouca ou quase nenhuma voz ativa, apenas obedecem e caso não façam isso, são demitidos.

É um tipo de liderança mais antigo, enraizada em práticas nada saudáveis para uma empresa.

Liderança liberal

Líder liberal

Líder liberal

Apesar de o nome parecer bom, seus resultados não são tão bons quanto o nome transparece a quem lê pela primeira vez.

É como se o grupo tivesse um líder, mas este não possui tanta voz ativa, e como o nome indica, o público age de forma mais liberal.

No início, a produtividade e resultados são ótimos, mas com o tempo a falta de um líder vai deixando tudo muito cômodo. É dessa forma que os resultados baixam a um nível não tão esperado, e a produtividade então, nem se fala.

Esse estilo tende a desenvolver um certo individualismo entre os membros e pouco respeito pelo líder.

Liderança democrática

Liderança democrática

Liderança democrática

A democracia vive e respira no auge de sua complexidade e participação, é considerado um dos melhores tipos de liderança que um ambiente de negócios pode receber.

Mas por que?

Basicamente, a ênfase está tanto no líder quanto no liderado, construindo juntos um local melhor para se trabalhar, produzir e viver.

O líder pede a opinião constantemente dos liderados, criando soluções em conjunto para problemas gerais.

O líder é focado na produtividade de seu grupo, mas também na qualidade de vida de cada um que completa a equipe por inteira.

Dessa forma, um ambiente colaborativo é gerado através de experiências trocadas, soluções criadas em grupo e respeito mútuo.

Esse é o tipo de liderança mais presente em novas startups, empresas jovens ou antigas que passaram por um processo de reformulação muito grande e hoje apresentam ótimos resultados em produtividade e gestão de pessoas.

Liderança coaching

Líder coaching

Líder coaching

O líder coaching é aquele famoso por suas diretrizes e principais formas de motivar seu público liderado.

Geralmente, faz parte de uma equipe contratada pelo patrão, buscando orientar melhor os seus empregados em seu cotidiano.

Está engajado na performance, ou seja, produtividade, buscando sempre oferecer melhores formas de pensamento, resultando em melhores trabalhos.

Liderança situacional

Líder situacional

Líder situacional

O líder situacional é considerado como um dos mais resilientes dentro dessa lista que estamos elaborando.

Isso porque, como o próprio nome indica, ele age de formas diferentes de acordo com a situação em que a empresa ou ambiente está vivendo.

Busca sempre as melhores soluções de acordo com o momento vivido, principalmente em questão de grupo ou equipe de trabalho.

E então, o que achou de conhecer um pouco melhor os tipos de liderança? Em qual delas seu perfil se encaixa melhor? Está afim de mudar um pouco seu método de liderança? Em qual está e para qual vai migrar?

Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Significado de Resiliência – O que é? Como Desenvolvê-la?

Significado de Resiliência – O que é? Como Desenvolvê-la?

Conhecer o real Significado de Resiliência é entender o motivo da importância que ela possui em nossas vidas, tornando-nos cocriadores de nossa própria existência e propósito de vida.

Olá, tudo bem?

Hoje falaremos um pouco melhor sobre o significado de resiliência, algo importantíssimo e que se fala cada vez mais em tempos que o propósito de vida é mais importante que obrigações cotidianas sem fundamento.

Trata-se de entender o motivo de um líder continuar liderando, mesmo em meio a um caos generalizado que possa vir a acontecer.

Portanto, caso queira conhecer o real Significado de Resiliência e também saber como desenvolvê-la em sua vida, acompanhe-nos até o final e deixe um comentário.

Afinal, sua opinião é de suma importância para nós. Sem maiores delongas, vamos lá.

Leia conosco!

O que é Resiliência?

Significado de Resiliência

Significado de Resiliência

Bom, agora que já lhe introduzimos ao conteúdo principal, está na hora de conhecer um pouco mais sobre o significado de resiliência, tanto de forma literal quanto prática.

Em tradução literal, o significado de resiliência é:

“Propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica”.

Ou então:

“Capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças.”

Em poucas palavras, uma pessoa resiliente é aquela que passa por problemas que podem desestruturar totalmente a sua base, mas possuem a capacidade de se recomporem.

Apesar de o significado levar a expressão “capacidade de se recobrar facilmente”, sabemos que não funciona bem assim, nem sempre este é um processo fácil.

Mas, é necessário.

O primeiro passo para a solução de um problema é aceitá-lo como verdade, e logo após ir em busca de soluções que sejam suficientes para restabelecerem a ordem.

Sabemos que pode ser uma luta muito mais emocional do que física quando passamos por grandes problemas, principalmente na vida de liderança, podemos ficar profundamente abalados.

Mas, pessoas resilientes mostram como a necessidade que isso se dá através de grandes problemas que já passaram.

Ponto de Inflexão

Ponto de Inflexão

Dentro do mundo do empreendedorismo podemos citar o grande líder Flavio Augusto, fundador e CEO da gigante WiseUp, rede de escolas de inglês.

A empresa referência nacional em ensino de língua inglesa, já passou por diversos problemas.

Em seus livros, aos quais já citamos em nossa publicação exclusiva sobre Livros de Liderança, ele conta sobre seus principais problemas enfrentados, a dificuldade de encará-los, mas a necessidade de ser resiliente que se fez presente.

Portanto, é bom que aprendamos tanto o significado de resiliência, quanto a sermos resilientes em ambas as esferas da vida.

Continue lendo!

Como Desenvolver a Resiliência?

Desenvolva a sua resiliência

Desenvolva a sua resiliência

Mas, existem maneiras de desenvolver a resiliência principalmente dentro do mundo da liderança e dos negócios? Como fazer para agir de maneira forte em relação a problemas desestruturadores?

O seu caráter resiliente pode ser criado levando em conta os princípios do significado de resiliência, que são: entender o problema, passar por ele, aprender com o mesmo e levantar após a queda.

Esse processo pode ser aprendido de diversas formas, e independentemente se você é um líder ou não, aprendê-lo é necessário para seu processo de vida.

Portanto, siga as dicas para desenvolver resiliência que deixamos abaixo:

Leia rotineiramente

Em primeiro lugar, leia!

Além de estimular seu processo criativo, ler irá fazer com que você entenda o real significado de resiliência, entendendo mais sobre a história de vida de pessoas influentes.

Você entenderá como esses líderes passaram por problemas e quais os princípios levaram em conta para levantarem após a tempestade.

Evite pensar negativamente

Pensar positivamente demais pode acabar gerando problemas em futuro próximo, afinal, podemos acabar deixando de colocar na balança possíveis problemas que podem acontecer.

Mas, ser negativo nunca levou ninguém a nada.

Estudos empresariais mostram que toda equipe precisa ter um “pessimista” para encontrar os problemas e um “otimista” para acreditar na solução.

Busque ser um meio termo.

Então, pense sim nos problemas que podem vir a acontecer, mas aja rapidamente para resolvê-los e não foque somente neles. Focar somente nos mesmos lhe consumirá energia e também deixará você desacreditado.

Isso é totalmente o contrário do que o significado de resiliência propõe.

Perseverança e resiliência andam de mãos dadas

Quantos conhecidos seus são ótimos no que fazem, porém sempre vemos os mesmos sofrendo para ter sucesso? Já notou que muitos desistem no meio do processo?

Acontece que resiliência e perseverança são essenciais uma a outra, isso porque desistir nos primeiros percalços do caminho é ser o contrário de resiliente.

O ser humano resiliente passa pela pedra no caminho, aprendendo com seus erros e melhorando suas estratégias. Portanto, persevere!

Defina um propósito

Pessoas que não possuem um propósito de vida, na grande maioria das vezes, estão seguindo a manada em uma direção que nem elas mesmas sabem onde irá chegar.

Trabalham pelas contas e pagam contas para trabalhar. Dessa forma, desistem facilmente, e não sabem nem ao menos o significado de resiliência, porque para elas tanto faz.

Definir um propósito significa traçar metas, em busca de algo ou alguma realização pessoal que você sonha todo dia antes de dormir ou então enquanto almoça.

Quando amamos o que fazemos, desistir não é uma opção e a resiliência é nossa aliada.

Vença a vulnerabilidade comum

Vença a vulnerabilidade comum

E então, o que achou de conhecer melhor o significado de resiliência, seu peso em nossas vidas e também a aprender como desenvolvê-la em nosso cotidiano? Ficou com alguma dúvida em relação ao conteúdo? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Henry Ford – A personificação perfeita da liderança positiva!

Henry Ford – A personificação perfeita da liderança positiva!

Henry Ford foi um dos maiores líderes empreendedores que a humanidade já conheceu.

Olá, tudo bem?

Construir um império não é fácil para ninguém.

Mas para um fazendeiro de 16 anos que perdeu sua mãe e herdou uma pequena fazenda, é mais difícil ainda.

Esse foi o início da vida de um dos maiores empreendedores da história.

Mas, o final foi bem diferente como já sabemos.

Leia conosco e aprenda as principais características de liderança de Henry Ford e entenda como ele se tornou quem se tornou.

Deixe um comentário caso possuir alguma dúvida.

Leia conosco!

Características de Henry Ford para Líderes

Henry Ford

Características de Henry Ford para líderes

Conforme mencionamos, hoje trouxemos características únicas sobre a vida de Henry Ford.

Elas elucidam de maneira clara o porquê este homem se tornou tão próspero naquilo que fazia.

Tornando-se referência mundial no setor automobilístico e empresarial até os dias atuais após a sua morte.

Portanto, atente-se aos detalhes e tente extrair o melhor da carreira de Ford para a sua.

Leia:

Perseverança

Perseverança

Perseverança

Começamos nosso aprendizado de hoje com Henry Ford falando sobre sua perseverança.

Ford era um exemplo de resiliência.

Isso porque ele não desistia de algo que achava possível, até conseguir.

Um dos melhores exemplos disso, foi ao tentar milhares de vezes até conseguir implantar um motor V8 em um carro popular para a época.

Dessa forma, revolucionou o automobilismo.

Não por pouco, Henry Ford é chamado de “Pai do Automóvel”, ao qual conhecemos hoje.

Foram diversos protótipos que não funcionaram até chegar a versão perfeita.

Mas, isso não desanimou Ford.

Pelo contrário, serviu como principal mecanismo de incentivo ao mesmo.

Liderança Nata

Um funcionário trabalha pelo dinheiro, na grande maioria das vezes.

Mas com os funcionários de Ford, isso era diferente.

Isso porque ele fazia com que os mesmos se sentissem parte daquela realização.

Dessa forma, os mesmos se sentiam incluídos no crescimento da empresa.

E ninguém entrega algo melhor do que aquele que faz por amor.

Inclusive seus engenheiros sofriam juntos ao não conseguirem alcançar o motor V8.

Assim, aquela tarefa se tornou uma meta de vida para cada um.

Metas Definidas

Metas definidas

Metas definidas

Conforme mencionamos, Henry Ford era uma pessoa destemida, resiliente e perseverante.

Assim, largou tudo o que tinha logo aos 16 anos, quando perdeu sua mãe.

Na época, o comum seria ele continuar com a fazenda de sua família, que agora se tornara dele.

Mas, ele sabia que aquilo não era o que desejava.

E mesmo tendo tudo contra si, ele continuou no caminho que desejava, que era se tornar um engenheiro de motores automobilísticos.

Perseverou e se tornou o líder mundial que hoje conhecemos.

Escolhia pela Inteligência

Outro detalhe interessante, Henry Ford sempre soube escolher os melhores para a sua equipe.

E isso não se tratava em escolher aquele que possuía a melhor posição social, ou então o que possuía mais dinheiro.

Ele se rodeava de pessoas experientes no que faziam, ou seja, desempenhavam um trabalho exímio.

Citado diversas vezes em livros de Napoleon Hill, Henry Ford ficou marcado por ter uma inteligência acima da média, mesmo nunca tendo concluído nem ao menos o ensino fundamental.

Não é incrível?

Você não precisa entender sobre tudo.

Mas, precisa se rodear de pessoas que entendem muito sobre algo em específico.

Dessa forma, terá o todo em suas mãos.

Valorização Profissional

Valorização profissional

Valorização profissional

Outro ponto essencial na carreira de Ford que podemos levar para nossas vidas como líderes, era a valorização profissional.

Os salários eram fixos naquela época, e com horas trabalhadas fora do comum.

Ford foi o primeiro a pagar pela produtividade de seus funcionários.

Dessa forma, eles diminuíam a carga horária, mas entregavam muito mais do que anteriormente.

Portanto, tenha uma posição crítica em relação ao seus liderados, mas também saiba quando deve valorizá-los por seus feitos.

Master Mind

E por último, sendo talvez o ponto mais importante, chegamos ao Master Mind.

Mas o que é o Master Mind?

Como Napoleon Hill citava, trata-se de um grupo de pessoas com mútuos desejos que se auxiliam por meio de conversas e reuniões.

Em tradução literal, significa “mente mestra”.

Em resumo, trata-se de cercar-se de pessoas que irão lhe auxiliar a pensar em maneiras novas de atingir o seu objetivo, sempre pensando pelo lado positivo.

Isso Henry Ford fazia melhor do que ninguém.

Não necessariamente são sócios, mas podem ser amigos, conhecidos ou outras pessoas que trocam ideias, informações e experiências.

Lembre-se de sempre estar perto de pessoas que querem o seu bem.

Ou seja, que querem ver você muito bem, mesmo que isso signifique estar melhor do que elas.

Pessoas mais inteligentes que você ou que também busquem a prosperidade financeira, pessoal e profissional.

Exclua da sua vida pessoas que lhe trazem energias ruins e pensam apenas no pior.

É ótimo ter alguém realista por perto para lhe apontar os possíveis erros que você está cometendo ou que podem acontecer.

Mas isso é diferente de pessoas pessimistas que lhe desmotivam diariamente, a cada segundo.

Monte o seu Master Mind!

Henry Ford

Master Mind

E então, o que achou de conhecer um pouco melhor sobre as filosofias de vida de Henry Ford?

Já possui um Master Mind?

Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Mais Esperto que o Diabo – Um guia para o sucesso, por Napoleon Hill!

Mais Esperto que o Diabo – Um guia para o sucesso, por Napoleon Hill!

Mais Esperto que o Diabo é um dos livros mais vendidos do autor, Napoleon Hill.

Olá, tudo bem?

Não seria sensacional se tivéssemos um guia para o sucesso?

Ou então, um guia sobre o que não devemos fazer caso quisermos alcançar o sucesso pessoal e profissional?

Dicas simples, mas complexas ao mesmo tempo quando fôssemos partir para a prática.

É essa a proposta que Napoleon traz em seu livro, que apesar de ter sido escrito em 1938, só foi publicado em 2011.

A grande maioria dos livros de Napoleon trazem dicas para seguirmos um caminho para o sucesso.

Esse fala o contrário.

Assim, o livro trata sobre coisas que devemos evitar, afim de melhorar nossos resultados em todas as áreas da vida, alcançando o auge.

O mais curioso sobre o livro é: essas dicas foram dadas pelo Diabo, para o próprio Napoleon Hill, segundo o próprio autor.

Confuso?

Então nos acompanhe até o final e entenda melhor sobre a história de Mais Esperto que o Diabo, quais seus principais objetivos e até onde essa história é real.

Deixe seu comentário caso possuir alguma dúvida, dessa forma poderemos lhe ajudar.

Sem maiores delongas, vamos lá!

Leia conosco!

Quem é Napoleon Hill?

Mais Esperto que o Diabo

Quem é Napoleon Hill?

É interessante iniciarmos esse conteúdo falando um pouquinho sobre seu autor, Napoleon Hill.

Mas afinal, quem foi Napoleon?

Napoleon foi um grande estudioso da área de finanças e relacionamento humano.

Ele possui imensa contribuição para a liderança, empreendedorismo e mundo das finanças.

Sua série de livros funciona como um guia para qualquer ser humano alcançar o sucesso profissional e financeiro.

Assim, todos os seus escritos se tornaram best-sellers.

Ele acreditava que se você seguir os passos de quem já foi bem sucedido, então pode chegar ao auge também.

Passou mais de 30 anos da sua vida analisando pessoas bem sucedidas no campo pessoal, financeiro e profissional.

Assim, buscou quantificar em números, regras e orientações quais os passos que deveríamos seguir para chegar ao mesmo sucesso.

E ele conseguiu.

Portanto, recomendamos que caso nunca tenha lido seus livros, que inicie.

Temos certeza que irá amar cada linha.

O Encontro com o Diabo

Uma das maiores polêmicas do livro Mais Esperto que o Diabo, é que Napoleon relata que realmente se encontrou com o anjo caído.

Muitas pessoas e críticos literários como também do campo empreendedor entendem isso como uma sátira.

Mas, outras pessoas acreditam que seja real.

Como se Hill tivesse vindo ao mundo buscando entregar maneiras de prosperar na vida que aprendera em seus estudos.

Esse encontro aconteceu justamente em um ponto crítico na vida de Hill.

E segundo o mesmo, a partir dali tudo mudaria.

O Diabo havia lhe entregue uma série de informações que serviriam como alcunha para o sucesso e para fugir das artimanhas do próprio anjo caído.

Dessa forma, Napoleon vai explicando a medida que narra a história.

Principais Pilares do Livro

Conforme mencionamos, falaremos sobre os principais pilares que o livro trata.

Em suma, são práticas, sensações, pensamentos dentre outras ações que devemos evitar caso desejemos alcançar o sucesso.

Todas essas informações foram repassadas pelo Diabo, que se auto intitula como “Sua Majestade”, para Napoleon Hill.

Leia:

Medo

Mais Esperto que o Diabo

Medo

O medo é um dos primeiros assuntos a serem tratados no livro.

O personagem da história diz a Hill que esse é um dos maiores impasses da humanidade.

E como ele é quem é, diz utilizar do medo para acabar com o sonho de diversas pessoas.

Uma pessoa de sucesso não pode deixar que o medo a impeça de fazer as coisas.

Todos nós podemos possuí-lo, mas em momento nenhum devemos deixar que ele tome as rédeas da situação.

Portanto, caso estiver com medo de fazer algo, vai com medo mesmo.

É melhor viver uma vida com histórias do que de arrependimentos.

Raiva

Raiva

Raiva

Mas, não é somente o medo que devemos evitar que tome conta da situação.

A raiva também faz parte disso.

O personagem diz que quando quer que a pessoa perca o controle de tudo, ataca com a raiva.

O autor dá dicas sobre o controle da mesma, mas não iremos nos ater aos detalhes.

Recomendamos que leia o livro, é enriquecedor!

A pessoa com raiva toma decisões precipitadas, “no calor do momento”, da maneira irracional.

Analisa a sua própria situação, mas não a situação completa.

Portanto, quando estiver com raiva busque não tomar decisões precipitadas.

Caso necessário, deixe para o outro dia aquilo que iria fazer.

Procrastinação

Mais Esperto que o Diabo

Procrastinação

Outro ponto essencial na vida de uma pessoa de sucesso é a organização e tomada de decisão, fazer aquilo que é necessário.

Portanto, devemos evitar a procrastinação ao máximo.

Ao deixar para amanhã, você já está procrastinando.

É óbvio, ficar deitado, assistir televisão ou então jogar algo é muito mais prazeroso do que fazer o trabalho que é necessário.

Mas lembre-se sempre: trata-se de algo necessário.

Assim, postergar não irá resolver a situação, ela continuará existindo.

Dessa forma, ao procrastinar, você acumula uma série de ações que eram necessárias e possuíam suas horas certas de serem feitas.

Ao postergar, você se desorganiza e faz tudo de maneira rápida e sem qualidade.

Organize-se, evite a procrastinação ao máximo!

Ciúmes

Ciúmes

Ciúmes

E por fim, o livro Mais Esperto que o Diabo fala sobre um dos maiores males da humanidade em nosso século atual, o ciúmes.

Por que as relações dos dias atuais não duram como as do passado?

Tirando as exceções, como falta de respeito e outras situações que não vem ao caso comentar, o ciúmes é um dos principais causadores de separações e divórcios.

Mas não somente em relacionamentos, como também em qualquer outro âmbito da vida.

O ciúmes é capaz de arruinar uma carreira, seja ela pessoal ou profissional.

Portanto, aprenda a compartilhar e confiar.

Ter ciúmes é normal, mas assim como o medo e a raiva, não podemos deixá-lo tomar conta da situação.

Se não tudo vai por água abaixo.

Alinhe sua vida para o sucesso em todos os âmbitos possíveis

Alinhe sua vida para o sucesso em todos os âmbitos possíveis

E então, já conhecia o livro Mais Esperto que o Diabo? Vai comprar e estava buscando por alguma resenha online?

Conhecia Napoleon Hill? Acha mesmo que ele teve essa conversa com o Diabo ou foi somente uma metáfora que ele usou para despertar a atenção de seu público?

Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Livros de Liderança – VEJA 5 INDICAÇÕES INCRÍVEIS!

Livros de Liderança – VEJA 5 INDICAÇÕES INCRÍVEIS!

Livros de Liderança se tornaram um belo aliado em uma jornada ao caminho para o sucesso, tanto pessoal quanto profissional, seja para qualquer pessoa.

Olá, tudo bem?

Hoje vamos falar um pouquinho mais sobre os livros de liderança e sobre seu papel importantíssimo no crescimento de um cidadão, seja em qual for o âmbito de sua vida.

Muito denegrido com a imagem de “livros de auto ajuda” durante bastante tempo, estas obras que sugerem o crescimento e desenvolvimento pessoal tomaram um maior espaço dentre os adeptos da leitura nos últimos anos.

E a o que isso se deve?

Cada vez mais nossa sociedade necessita de líderes, ou seja, aquelas pessoas que pensam um pouquinho fora da caixa.

Não estamos aqui dizendo que todo mundo pode ser um líder, pelo contrário, o líder é nato e aprende ainda mais no decorrer da sua caminhada.

Há pessoas que nasceram para produzir e vão ser ótimas no que fazem, produzirem um exímio e invejável trabalho.

Porém, há pessoas que nasceram para liderar e organizar situações, e assim como os exímios produtores, essas fazem um trabalho incrível aos olhos de quem vê de fora.

Portanto, é necessário sabermos identificar um líder em potencial e ajudá-lo a se moldar com grandes estudos de pessoas influentes no meio.

Pensando nisso, montamos um conteúdo de grande valia e completo com cinco indicações de livros incríveis que você pode e deve ler.

Quer saber e conhecer ainda mais sobre diversos Livros de Liderança?

Então nos acompanhe até o final do conteúdo e deixe sua opinião nos comentários, afinal, seu feedback é de suma importância para nós.

Sem maiores delongas, vamos lá! Leia conosco:

A Importância dos Livros de Liderança, a Quem são Destinados

Mas afinal, qual a real importância desses livros?

Entender sobre liderança não cabe somente às pessoas que nasceram aptas para tais ações, mas também para as que buscam conhecer a si próprias.

Estes livros podem lhe auxiliar a ter uma vida mais regrada, ajudando-lhe a organizar e cumprir suas metas como sempre quis.

Portanto, não hesite em conhecê-los de uma maneira melhor. Continue lendo e conheça nossas cinco dicas.

Metas pessoais

Metas pessoais

5 Indicações de Livros de Liderança

Agora que já lhe introduzimos ao que desejamos lhe passar, é hora de conhecer um pouco melhor sobre o que a literatura da liderança nos traz.

Portanto, leia nosso pequeno resumo sobre cada uma das cinco indicações e retire aquilo que lhe servir de maior valor.

Não esqueça de escolher com qual irá começar a leitura ainda essa semana, e comente ao final qual seu preferido, caso já tenha lido alguns.

Leia conosco:

1# Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Este talvez seja o principal dentre os cinco citados, escrito por Dale Carnegie.

Carnegie foi um homem marcante na história dos EUA, reconhecido mundialmente por seus cursos e livros sobre liderança que marcam história desde a década de 30.

Após sua morte, sua família continuou seu legado e o curso, que leva o nome deste livro, existe até hoje em quase todas as nações do mundo.

No livro, ele ensina tanto a forma de agir quanto de falar quando o assunto é liderança, captação de potenciais clientes e muito mais.

E tudo isso da forma mais natural possível.

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas e o restante da série escrita por Dale Carnegie

2# O Monge e o Executivo

Este possui uma sequência, intitulada como De Volta ao Mosteiro, ambos escritos por James C. Hunter.

Fala sobre a jornada de um líder empresarial, que sempre foi lembrado por sua bela forma de conduzir a empresa em que trabalha.

Porém, em determinado ponto, perde o rumo de sua liderança, construindo muitas inimizades.

Eis que então vai até um retiro, uma espécie de mosteiro com várias pessoas marcadas pela liderança onde atuam, uma forma de reorganizar seus valores.

É uma ótima leitura a quem se encontra em crise.

James C. Hunter e continuação de O Monge e o Executivo

James C. Hunter com a continuação de O Monge e o Executivo

3# Ponto de Inflexão

Quem não conhece Flávio Augusto? Talvez o empreendedor brasileiro de maior sucesso no atual momento.

No livro ele conta toda a sua jornada, desde quando vendia cursos de inglês no orelhão do aeroporto – escolheu esse lugar para parecer rico a quem ouvia do outro lado da linha as chamadas para os voos- até sua presença na liga americana de futebol como dono de um clube.

A história de crescimento incrível de um homem que se criou em uma família de classe média baixa, até a sua ascensão, passando pela venda e recompra de sua “menina dos olhos verdes”, a escola de língua inglesa WiseUp.

Uma aula de liderança.

Ponto de Inflexão

Ponto de Inflexão

4# Do Mil ao Milhão

Você deve estar se perguntando o por quê de colocarmos um livro de educação financeira na lista, mas calma, temos um bom motivo para tal.

Thiago Nigro com certeza é o maior nome da educação financeira, atualmente no país.

Porém, nem sempre o “primo rico” foi rico. Seu livro além de auxiliar a organizar as finanças do leitor, fala um pouco sobre a trajetória do investidor e autor da obra.

A criação de sua empresa, a busca por um local no ramo de trabalho e sua força de vontade para liderar seu próprio empreendimento são informações contidas em suas linhas.

Portanto, é uma leitura de grande importância para quem quer conhecer ainda mais sobre liderança e também sobre o mercado financeiro.

Do Mil ao Milhão

Thiago Nigro com sua obra, Do Mil ao Milhão

5# Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes

Por último, mas não menos importante – mesmo – trazemos a obra escrita por Stephen Covey, um dos autores mais influentes de nosso século.

Como mencionamos logo no início do texto, saber liderar não é algo que fica a cargo somente de pessoas influentes dentro de grandes corporações, mas também é uma sabedoria necessária para pessoas que desejam utilizar as dicas em seu cotidiano.

E assim como Dale Carnegie, Stephen Covey transforma isso em uma forma natural, sendo que suas dicas podem ser utilizadas por quaisquer que seja o leitor.

Seu livro é separado em capítulos específicos, contando de forma detalhada sobre os sete hábitos, os quais ele considera como sendo básicos para um líder.

Utilizando sempre como exemplos grandes nomes da história.

Os 7 Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes

Os 7 Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes

E então, o que achou das nossas indicações de livros que falam sobre líderes em seus setores de trabalho e também na vida?

Já leu alguns destes? Qual é seu preferido? Baseado em nossa pequena releitura, qual lhe deu mais vontade de ler? Conte a nós, comente abaixo.

Até a próxima!

Participe do grupo do IBLíder pelo WhatsApp

Como fazer que seu chefe invista em você!

Como fazer que seu chefe invista em você!

Como fazer que seu chefe invista em você?

Sua empresa não quer pagar treinamentos ou cursos para você? Leia esse texto para saber como fazer seu que seu chefe invista em você.

Ultimamente tenho visitado algumas empresas e devido a atual crise vejo muitos colaboradores reclamando que a empresa não quer pagar nenhum curso de aprimoramento, inglês, faculdade ou pós-graduação.

É muito comum que empresas paguem cursos e treinamentos para seus colaboradores, porém provavelmente isso não acontecerá se você não der o primeiro passo e pedir para seu chefe. Para isso, siga os importantes passos abaixo:

Escolha um curso ou treinamento que seja tão importante para você quanto para a empresa

Há algum tempo atrás ouvi um coordenador de RH, formado em psicologia, reclamando que a empresa não quis pagar parte de sua pós-graduação. Quando perguntei qual era o curso que ele havia escolhido, ouvi a seguinte resposta: “Psicopedagogia”

O site guia do estudante define:

O psicopedagogo estuda os processos de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos. Ele identifica as dificuldades e os transtornos que interferem na assimilação do conteúdo, fazendo uso de conhecimentos da psicologia e da antropologia para analisar o comportamento do aluno.

Entenda e aceite que nenhuma empresa é uma instituição de caridade! Se o curso que você está pleiteando não tiver ligação com o que você faz dentro da empresa, comece a preparar o bolso para pagar por ele integralmente.

Pesquise opções de preço e resultado

Antes de pedir para seu chefe, faça uma pesquisa sobre o curso desejado e dê duas a quatro opções de curso para que ele possa tomar uma decisão. Assim você também se mostrará muito mais interessado e mais eficiente ao fazer isso.

Não tenha medo de incluir cursos mais caros de escolas de renome e qualidade. Se o benefício recebido compensar os investimentos, a empresa optará pelo curso de maior preço e qualidade.

Analise o Custo x Benefício

Ninguém irá investir em você se não conseguir enxergar o real retorno que poderá obter. Se puder quantificar melhor ainda. Veja como exemplo uma empresa de usinagem que possui tornos comuns e tornos com programação CNC feita por computador.

Você opera a máquina comum e seu colega de trabalho opera a máquina informatizada. Sua meta é fazer com que a empresa qualifique você como operador desta máquina investindo em um curso que custa 5 mil reais.

Em algum momento, este seu colega irá ficar 30 dias sem trabalhar, devido as férias. Se a máquina fica parada durante este tempo que ele estiver fora e ela produz uma receita de 500 reais por dia.

Você irá argumentar ao seu superior que em apenas 10 dias, a empresa recuperará o investimento. Ou melhor ainda, dirá que em 1 mês operando a máquina, você trará um lucro de 10 mil reais para ela.

Assuma responsabilidades para que seu chefe invista em você!

Nenhum gestor gosta de investir em seu funcionário e vê-lo faltando as aulas. Prometa que irá levar o curso a sério e cumpra o prometido. Faça o máximo para garantir boas notas. Consequentemente, com que seu chefe invista em você!

Ele deve enxergar que você pretende seguir carreira na empresa, faça-o entender que você vale o investimento.

Se você não conseguir suprir as expectativas, o tiro pode sair pela culatra e a empresa nunca mais irá gastar um centavo com você e poderá demiti-lo eventualmente.

Nenhuma empresa negará ajuda se você conseguir provar que realmente a fará ganhar dinheiro. Todas empresas estão dispostas a ganhar mais dinheiro, se você conseguir entender esse conceito, conseguirá fazer o que quiser

Receba dicas exclusivas!