fbpx
Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas – 5 lições únicas!

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas – 5 lições únicas!

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas é muito mais que um livro, trata-se de um best-seller que poderia ser considerado como um estilo de vida a ser seguido.

Não somente de ensinamentos ao empreendedorismo vive as linhas escritas por Carnegie, mas também de pilares educacionais incríveis para qualquer nível da sociedade.

Desde como devemos tratar as pessoas, até como devemos olhar para nós mesmos, em tudo aquilo que fazemos diariamente.

Não por pouco, atualmente Carnegie é conhecido em todo o mundo pelos belos livros que escreveu, além de cursos próprios que ainda seguem sendo ministrados.

Então, caso ainda não tenha lido e queria conhecer um pouco dos ensinamentos repassados pelo livro Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, acompanhe-nos abaixo nesta breve leitura.

Leia conosco as 5 principais lições deste belo livro:

Prestar Atenção a Si

Devemos praticar a auto análise

Devemos praticar a auto análise

Uma das teclas que o livro mais toca é sobre prestar maior atenção a si próprio do que ao outro, mas como fazer isso?

Dentre as primeira lições, a principal está no primeiro capítulo, a qual diz: nunca devemos criticar, condenar ou reclamar sobre algo que alguém está fazendo.

Por mais que possamos entender sobre aquele assunto, jamais iremos conhecer o contexto da ação em sua plenitude.

Mas, a causa da escolha do escritor não está diretamente ligada a não criticar ao outro, mas sim olhar a si próprio.

Isso acontece porque muitas vezes gastamos tempo demasiadamente dando atenção aquilo que não nos fará crescer.

Ou seja, enquanto estamos julgando ou criticando alguém, poderíamos estar nos auto analisando para uma melhora considerável no meio próprio.

Pare para pensar, quantas vezes já deixou de rever seus conceitos antes de julgar o próximo?

Julgar é algo comum que podemos fazer em nosso cotidiano, mas que com força de vontade podemos adequar de maneira melhor. Continue lendo!

Cooperar e Receber

Nem tudo está relacionado a ganhar para si próprio, muitas vezes cooperar é mais lucrativo do que somente almejar o lado financeiro.

Quantas vezes você não lembrou de alguém que lhe ajudou em determinado momento da vida?

Acontece que a pessoa que você está ajudando hoje, pode se tornar um milionário ou referência na área em que atua posteriormente.

Então, o escritor cita que podemos sempre ajudar o próximo quando possível, mas sem almejar algo, fazendo de coração.

Como outro escritor famoso da mesma linha de empreendedorismo e liderança diz, Napoleon Hill, o universo conspira a favor de quem coopera.

Estabelecer Relações Estreitas

Estabelecer relações estreitas

Não estamos falando de se tornar amigo próximo de todas as pessoas que você conhece, mas de tratá-las com respeito e proximidade.

Quer saber como?

Quantas pessoas em seu cotidiano lhe chamam pelo nome? As mais próximas? Os conhecidos? Seus colegas de trabalho?

Uma das formas de estabelecer essa maior proximidade está justamente em gravar o nome das pessoas com quem você se relaciona.

Do zelador ao presidente da empresa, como fazer amigos e influenciar pessoas se trata muito mais de um estilo de vida próspero do que uma receita pronta para o sucesso.

É algo natural, tratar todas as pessoas que estão ao seu redor como gostaria de ser tratado, estabelecendo relações mais estreitas.

Experimente a técnica de gravar e chamar as pessoas pelo nome, você verá nos olhos delas o quão se sentem importantes, notadas no meio em que vivem.

Demonstrar Interesse

Em um âmbito mais profissional e empreendedor, o locutor cita que o interesse pela fala é algo que além de influenciar, faz com que as pessoas o admirem.

Um exemplo claro citado nas páginas deste best-seller, é que muitas vezes o único fato de ouvir as pessoas já as deixam com uma marca sua.

Acontece que todos querem falar de si próprio, mas poucos querem ouvir.

Ao encontrarem alguém que realmente as escuta, se soltam, independentemente do assunto a ser tratado, é como se lhe conhecesse há anos.

Logo após, a visão que as mesmas possuem sobre você muda, e essa impressão é espalhada automaticamente as pessoas que estão no cotidiano dessa primeira.

Pois ela falará bem de você dentro do meio em que vive, e isso vai aumentando até que oportunidades apareçam sem que você perceba o motivo inicial.

Vivemos em uma Ligação Infinita

Seguindo a linha de raciocínio citada acima, o autor traz à tona algo simples, mas que muitas vezes não é percebido.

Nós vivemos em um looping infinito de informações, tratar bem uma pessoa hoje, poderá lhe trazer bons frutos no futuro com alguma pessoa que fazia parte do cotidiano dessa primeira.

As ações que você gera a alguma pessoa, são espalhadas através de seu mundo, sejam essas ações boas ou ruins.

Portanto, quando fizer algo, faça com amor e vontade, com um sorriso no rosto, pois como Carnegie afirma “sorria, você está sendo observado”.

Com a palavra, Dale Carnegie

E então, o que achou de conhecer as principais lições repassadas pelo livro Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, de Dale Carnegie? Está com interesse em ler? Já fez a leitura de algum outro livro do autor?

Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo. Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Flávio Augusto – Um Exemplo de Liderança e Resiliência!

Flávio Augusto – Um Exemplo de Liderança e Resiliência!

Flávio Augusto é uma das figuras mais icônicas de todo o cenário empreendedor brasileiro que segue se modificando a cada ano que passa.

Olá, tudo bem?

Hoje falaremos um pouco sobre a carreira profissional e vida pessoal de um dos maiores líderes do cenário empreendedor brasileiro, estamos falando do dono da Wise Up.

Com certeza você já conhece Flávio de algum vídeo ou então documentário na internet, isso porque seu nome é falado até mesmo fora do mundo do empreendedorismo.

Portanto, caso queira conhecer ainda melhor sobre a sua história de vida e de como Flávio Augusto pode lhe ajudar a ser um líder autêntico e resiliente, acompanhe-nos até o final e deixe um comentário.

Vamos lá, leia conosco!

 

Quem é Flávio Augusto?

Mas afinal, quem é Flávio Augusto e de que forma ele pode acrescentar em minha vida através de sua liderança e também livros já escritos? Quais são seus exemplos como um líder?

Flávio Augusto da Silva é um empresário e escritor brasileiro; fundador da empresa Wise Up e proprietário do Orlando City Soccer Club.

Essa é a descrição mais comum que você encontra na internet sobre Flávio Augusto, mas nós que somos do meio da liderança sabemos que a carreira deste homem não se resume somente a uma frase curta.

Ela vai além.

Flávio Augusto é atualmente a maior representação brasileira quando o assunto é liderança, principalmente quando estamos falando de liderança coletiva.

Seu estilo de negócios e de comandar uma empresa fez com que atualmente ele seja um dos homens mais admirados do meio corporativo brasileiro.

Quando o assunto é meritocracia, suas empresas dão um banho em relação a concorrência, e seus funcionários são os mais realizados de seu setor.

Falando em concorrência, em todos os seus livros pouco se vê ele falando sobre ela. Isso porque seu foco está em gerar valor ao seu colaborador, que como consequência trará uma experiência única ao seu cliente final.

Geração de valor, assim é o nome de seus principais livros e também o @ de seu instagram, onde ele traz atualizações quase que diárias de seu cotidiano.

 

Sua História com a Wise Up

Sua história com a Wise Up

Sua história com a Wise Up

Ainda muito novo, Flávio Augusto já mostrava traços de resiliência quando não se deixou levar por uma nota ruim, já que prestou a prova para o Colégio Naval três vezes até passar.

Mas, não contente com a escolha resolveu voltar para casa, onde tudo mudaria para sempre em sua vida.

Começou vendendo cursos de inglês através de orelhões de aeroportos. A escolha do local se dava tendo como motivo trazer uma imagem de seriedade a quem estava do outro lado da linha, ouvindo chamadas para voos.

O marketing e o branding já faziam parte de sua personalidade.

Marketing e branding pessoal são características marcantes de sua personalidade

Marketing e branding pessoal são características marcantes de sua personalidade

O empresário já morou na Colômbia e também na Austrália, quando nessa última tentou manter a empresa por acesso remoto.

Mas, sua história de sucesso se construiu aqui em solo brasileiro, quando fundou a Wise Up, maior rede de escolas de inglês de todo o país.

A Wise Up é a maior prova de que não é necessário ser especialista no ramo para gerir um negócio, é necessário ter gestão, e isso Flávio tinha e ainda tem de sobra.

Afinal, Flávio aprendeu a falar inglês somente anos depois da fundação da empresa, quando já morava na Austrália e a marca já era um sucesso em solo brasileiro.

 

 A venda e a recompra da Wise Up

Em seu livro intitulado como Ponto de Inflexão, ele fala sobre a necessidade de sabermos a hora certa de nos desapegarmos de nossas criações, como se fossem filhos crescendo.

Também diz que não é necessário esperar uma empresa falir ou então estar passando por um mal momento para vendê-la, o ato pode se concretizar em seu auge.

Em 2013 Flávio vendeu a sua menina de olhos claros, Wise Up, ao grupo Abril Educação pelo valor aproximado – atente-se aos valores – de R$877 milhões de reais.

Em valor corrigido esse valor passa de R$1 bilhão de reais.

Dois meses após a venda, o presidente da Abril Educação veio a falência, e junto ao acontecimento uma crise financeira e gestora se instala em todas as ramificações da gigante Abril, inclusive na WIse Up.

Essa crise representou uma queda de 8{d772908f35c173f5937fb8c45da9f6dd482873e9ce059f901c34dcacaa8425ac} no número de alunos e de 23{d772908f35c173f5937fb8c45da9f6dd482873e9ce059f901c34dcacaa8425ac} em relação ao número de franquias no ano de 2015, se comparado com o mesmo período do ano de 2014.

O caminho da empresa era a falência.

Foi então que Flávio recomprou a empresa por R$398 milhões de reais em 2015, menos da metade do valor pelo qual a vendeu.

Atualmente, a Wise Up se recuperou da crise e figura novamente como a maior rede de escolas de inglês de todo o Brasil.

 

A compra do Orlando City e a contratação de Kaká

A compra do Orlando City e a contratação de Kaká

A compra do Orlando City e a contratação de Kaká

Em 2013, Flávio comprou um clube de futebol profissional nos EUA, o Orlando City Soccer Club, na cidade de Orlando.

Neste mesmo ano, o Orlando City passou a integrar a MLS – Major League Soccer, elite do futebol norte-americano.

Em julho de 2014, o meia brasileiro Kaká foi contratado pelo Orlando City por 3 anos e meio. Tendo essa sido a primeira contratação de peso da equipe.

 

Principais livros de Flávio Augusto

Ponto de Inflexão

Ponto de Inflexão

E claro, você deve ter percebido que citamos alguns livros que Flávio escreveu, já que em sua biografia digital ele é reconhecido como escritor.

Seus livros tratam sobre liderança, resiliência e empreendedorismo, e você os encontra em qualquer livraria de qualidade, seja física ou então digital.

Recomendamos a leitura de todos, pois Flávio é a melhor referência sobre empreendedorismo brasileiro que você poderá conhecer.

Veja abaixo uma pequena lista com seus livros:

  • Geração de Valor 1;
  • Geração de Valor 2;
  • Ponto de Inflexão;
  • Geração de Valor 3.

Vale ressaltar que além dos livros, Flávio também é o criador de duas plataformas digitais.

Essas auxiliam empreendedores ou pessoas que buscam se inspirar em histórias de sucesso e de luta diária para a superação de desafios.

A primeira é o meuSucesso.com.

Essa funciona como um documentário sobre a vida dos principais empresários brasileiros, contando sobre seu início, meio e atual momento da carreira, passando pelas principais dificuldades que já tiveram, chegando até o auge atual.

E a segunda, sendo a mais antiga e famosa, a plataforma Geração de Valor, que iniciou como um blog, e atualmente possui até mesmo uma versão em aplicativo.

Essa funciona também como inspiradora a toda e qualquer pessoa que busca e sonha com algo que lhe parece distante.

Além de interessantes, são bem acessíveis.

 

meuSucesso.com

meuSucesso.com

E então, o que achou de conhecer um pouco melhor sobre a vida e trajetória do líder Flávio Augusto? Qual detalhe achou mais interessante? O que achou da recompra da Wise Up após ver ela quase falir? Já leu algum de seus livros?

Conte a nós, comente abaixo. Até a próxima!

Receba dicas exclusivas!

Master Líder – Participe do nosso grupo de Whastapp!

Master Líder – Participe do nosso grupo de Whastapp!

Grupo Master Líder

Confira no vídeo abaixo informações sobre do que se trata o grupo de WhatsApp Master Líder.

Participe gratuitamente de nosso grupo do WhatsApp e receba conteúdos e dicas exclusivas sobre liderança toda semana! Essa é uma iniciativa feita para incentivar VOCÊ a continuar se aprimorando até nesse momento difícil que passamos.

Inscreva-se clicando no botão abaixo e lembre-se: FIQUE EM CASA!

Receba dicas exclusivas!

Livros de Liderança – VEJA 5 INDICAÇÕES INCRÍVEIS!

Livros de Liderança – VEJA 5 INDICAÇÕES INCRÍVEIS!

Livros de Liderança se tornaram um belo aliado em uma jornada ao caminho para o sucesso, tanto pessoal quanto profissional, seja para qualquer pessoa.

Olá, tudo bem?

Hoje vamos falar um pouquinho mais sobre os livros de liderança e sobre seu papel importantíssimo no crescimento de um cidadão, seja em qual for o âmbito de sua vida.

Muito denegrido com a imagem de “livros de auto ajuda” durante bastante tempo, estas obras que sugerem o crescimento e desenvolvimento pessoal tomaram um maior espaço dentre os adeptos da leitura nos últimos anos.

E a o que isso se deve?

Cada vez mais nossa sociedade necessita de líderes, ou seja, aquelas pessoas que pensam um pouquinho fora da caixa.

Não estamos aqui dizendo que todo mundo pode ser um líder, pelo contrário, o líder é nato e aprende ainda mais no decorrer da sua caminhada.

Há pessoas que nasceram para produzir e vão ser ótimas no que fazem, produzirem um exímio e invejável trabalho.

Porém, há pessoas que nasceram para liderar e organizar situações, e assim como os exímios produtores, essas fazem um trabalho incrível aos olhos de quem vê de fora.

Portanto, é necessário sabermos identificar um líder em potencial e ajudá-lo a se moldar com grandes estudos de pessoas influentes no meio.

Pensando nisso, montamos um conteúdo de grande valia e completo com cinco indicações de livros incríveis que você pode e deve ler.

Quer saber e conhecer ainda mais sobre diversos Livros de Liderança?

Então nos acompanhe até o final do conteúdo e deixe sua opinião nos comentários, afinal, seu feedback é de suma importância para nós.

Sem maiores delongas, vamos lá! Leia conosco:

A Importância dos Livros de Liderança, a Quem são Destinados

Mas afinal, qual a real importância desses livros?

Entender sobre liderança não cabe somente às pessoas que nasceram aptas para tais ações, mas também para as que buscam conhecer a si próprias.

Estes livros podem lhe auxiliar a ter uma vida mais regrada, ajudando-lhe a organizar e cumprir suas metas como sempre quis.

Portanto, não hesite em conhecê-los de uma maneira melhor. Continue lendo e conheça nossas cinco dicas.

Metas pessoais

Metas pessoais

5 Indicações de Livros de Liderança

Agora que já lhe introduzimos ao que desejamos lhe passar, é hora de conhecer um pouco melhor sobre o que a literatura da liderança nos traz.

Portanto, leia nosso pequeno resumo sobre cada uma das cinco indicações e retire aquilo que lhe servir de maior valor.

Não esqueça de escolher com qual irá começar a leitura ainda essa semana, e comente ao final qual seu preferido, caso já tenha lido alguns.

Leia conosco:

1# Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Este talvez seja o principal dentre os cinco citados, escrito por Dale Carnegie.

Carnegie foi um homem marcante na história dos EUA, reconhecido mundialmente por seus cursos e livros sobre liderança que marcam história desde a década de 30.

Após sua morte, sua família continuou seu legado e o curso, que leva o nome deste livro, existe até hoje em quase todas as nações do mundo.

No livro, ele ensina tanto a forma de agir quanto de falar quando o assunto é liderança, captação de potenciais clientes e muito mais.

E tudo isso da forma mais natural possível.

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas e o restante da série escrita por Dale Carnegie

2# O Monge e o Executivo

Este possui uma sequência, intitulada como De Volta ao Mosteiro, ambos escritos por James C. Hunter.

Fala sobre a jornada de um líder empresarial, que sempre foi lembrado por sua bela forma de conduzir a empresa em que trabalha.

Porém, em determinado ponto, perde o rumo de sua liderança, construindo muitas inimizades.

Eis que então vai até um retiro, uma espécie de mosteiro com várias pessoas marcadas pela liderança onde atuam, uma forma de reorganizar seus valores.

É uma ótima leitura a quem se encontra em crise.

James C. Hunter e continuação de O Monge e o Executivo

James C. Hunter com a continuação de O Monge e o Executivo

3# Ponto de Inflexão

Quem não conhece Flávio Augusto? Talvez o empreendedor brasileiro de maior sucesso no atual momento.

No livro ele conta toda a sua jornada, desde quando vendia cursos de inglês no orelhão do aeroporto – escolheu esse lugar para parecer rico a quem ouvia do outro lado da linha as chamadas para os voos- até sua presença na liga americana de futebol como dono de um clube.

A história de crescimento incrível de um homem que se criou em uma família de classe média baixa, até a sua ascensão, passando pela venda e recompra de sua “menina dos olhos verdes”, a escola de língua inglesa WiseUp.

Uma aula de liderança.

Ponto de Inflexão

Ponto de Inflexão

4# Do Mil ao Milhão

Você deve estar se perguntando o por quê de colocarmos um livro de educação financeira na lista, mas calma, temos um bom motivo para tal.

Thiago Nigro com certeza é o maior nome da educação financeira, atualmente no país.

Porém, nem sempre o “primo rico” foi rico. Seu livro além de auxiliar a organizar as finanças do leitor, fala um pouco sobre a trajetória do investidor e autor da obra.

A criação de sua empresa, a busca por um local no ramo de trabalho e sua força de vontade para liderar seu próprio empreendimento são informações contidas em suas linhas.

Portanto, é uma leitura de grande importância para quem quer conhecer ainda mais sobre liderança e também sobre o mercado financeiro.

Do Mil ao Milhão

Thiago Nigro com sua obra, Do Mil ao Milhão

5# Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes

Por último, mas não menos importante – mesmo – trazemos a obra escrita por Stephen Covey, um dos autores mais influentes de nosso século.

Como mencionamos logo no início do texto, saber liderar não é algo que fica a cargo somente de pessoas influentes dentro de grandes corporações, mas também é uma sabedoria necessária para pessoas que desejam utilizar as dicas em seu cotidiano.

E assim como Dale Carnegie, Stephen Covey transforma isso em uma forma natural, sendo que suas dicas podem ser utilizadas por quaisquer que seja o leitor.

Seu livro é separado em capítulos específicos, contando de forma detalhada sobre os sete hábitos, os quais ele considera como sendo básicos para um líder.

Utilizando sempre como exemplos grandes nomes da história.

Os 7 Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes

Os 7 Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes

E então, o que achou das nossas indicações de livros que falam sobre líderes em seus setores de trabalho e também na vida?

Já leu alguns destes? Qual é seu preferido? Baseado em nossa pequena releitura, qual lhe deu mais vontade de ler? Conte a nós, comente abaixo.

Até a próxima!

Participe do grupo do IBLíder pelo WhatsApp

Empatia e liderança: Qual a importância da empatia para sua liderança?

Empatia e liderança: Qual a importância da empatia para sua liderança?

Já se foi o tempo em que os trabalhadores eram peças de uma engrenagem maior para o funcionamento da empresa – o capital humano é uma das ferramentas mais valiosas em uma corporação. Por isso, valorizar a liderança e a empatia é essencial. 

Se você quer aprender mais sobre esses dois aspectos e entender como eles se relacionam, continue lendo o texto de hoje e entenda como a empatia é uma das características essenciais para ser um bom líder! 

O que é empatia?

A empatia é aquele sentimento que permite que você consiga se colocar no lugar do outro e sentir o que ele sente, imaginando o que aconteceria se estivesse na mesma situação. Ou seja, é a capacidade de entender emocionalmente outra pessoa. Além disso, isso torna mais fácil tomar decisões coerentes e adequadas. 

Quando somos empáticos, usamos nossas habilidades para o benefício de todos, tornando o ambiente mais harmonioso, produtivo e saudável. Isso inclui o ambiente de trabalho!  A figura do líder autoritário tem sido substituída pelo líder empático, pois esta característica permite que ele possa alcançar melhores resultados com seus colaboradores, já que consegue respeitar a todos, sem julgamentos e preconceitos. Além disso, líderes que exercem a empatia no seu cotidiano retém os talentos de suas equipes e conseguem baixar os índices de rotatividade dentro das organizações.

A empatia e a performance no ambiente de trabalho

Todo bom líder deve ter algum nível de empatia, pois ela ajuda numa boa comunicação com os colaboradores e melhora o desempenho de todos. Não existe uma ideia que seja melhor do que a outra, mas quando o líder tem a capacidade de se colocar no lugar dos outros, é possível analisar as possibilidades e tomar decisões mais acertadas, pelo bem-estar de todos. Isso porque levar cada indivíduo em consideração e entender o que os motiva, quais são seus valores e desejos faz com que todos trabalhem em sintonia. 

Pessoas são diversas e o ambiente de trabalho reflete diretamente isso, quando o líder respeita essas individualidades e sabe somar cada um desses talentos. Assim, todo mundo sai ganhando e a produtividade aumenta de forma considerável.

Mais do se colocar no lugar do outro, a liderança empática preza pela coerência: ele lidera pelo exemplo. Afinal, não é possível fazer ninguém acreditar em seus valores se o seu discurso está dissociado das suas ações. Seja você um exemplo de produtividade, de ética e de comunicação assertiva para seus colaboradores, inspirando-os diariamente. Não há jeito melhor de manter uma equipe engajada. 

Sim, pode ser desafiador, mas renderá bons frutos. Com empatia, é possível lidar melhor diante de situações de conflito, por exemplo. Por isso, líderes empáticos são cada vez mais procurados e valorizados, não apenas pelas organizações mas pelos colaboradores também, pois trazem muitos benefícios para o ambiente de trabalho e a performance da equipe.

O líder empático facilita o desenvolvimento da inteligência emocional do ambiente de trabalho, consolida relações profissionais e, como dito anteriormente, retém os talentos, pois oferece perspectivas e inspiração para os que estão ao seu redor. Outro benefício é o aumento da criatividade no ambiente corporativo.

Muitas vezes, o cotidiano pode acabar abafando a criatividade dos colaboradores e tornando as tarefas mais mecânicas. Porém, um líder empático também estimula sua equipe a colocar as ideias e sentimentos na prática. Essa atitude pode trazer ótimas surpresas!

Em resumo, incorporar atitudes empáticas no processo de liderança nos faz enxergar o mundo com outros olhos, mais compreensíveis e acessíveis e, com isso, viver melhor em sociedade. Independente da posição hierárquica da sua Gestão, estimule a sua equipe a desenvolver essa qualidade no dia a dia, pois a empatia traz resultados concretos, mais rápido do que você imagina!

Virei líder e agora?

Virei líder e agora?

A posição de liderança é geralmente cobiçada – muitos anseiam pela posição de líder e se dedicam até obtê-la. Porém, quando alcançam um cargo de coordenador ou supervisor, por exemplo, não sabem como agir. Virei líder e agora? O que fazer? Qual tipo de liderança escolher? 

Ser líder não é apenas ganhar um aumento de salário e o respeito do chefe. É também ser responsável por toda uma equipe, por seus problemas e atrasos, pela motivação geral. Não basta ser um profissional excelente em termos de técnica e experiência, é preciso aprender sobre técnicas de liderança e gestão de pessoas. Se você não estiver preparado, o seu sonho pode virar um desafio e tanto. 

Por isso, separamos para você algumas dicas para saber se você está sendo um bom líder ou apenas tem um cargo de comando. Continue lendo! 

Como devo liderar minha equipe?

Muitos líderes de primeira viagem acham que precisam de todas as respostas logo de cara. Calma! A experiência é a maior professora de todas. Se você está disposto a aprender e faz as perguntas certas, já está no caminho.

O primeiro passo é a confiança. A equipe segue o líder pois compra suas ideias, orientações e estilo de liderança. E o que gera essa confiança é a coerência das suas ações. Seu discurso está alinhado ao que você faz diariamente? Se você fala, deve fazer. 

O líder confiável cumpre aquilo que promete e é o primeiro a liderar pelo exemplo. Pode até não parecer, mas sua equipe está o tempo todo de olho em você. Que horas você chega? Está atrasado? O que fez durante o expediente? Que horas saiu? Portanto, cuidado: seu time é seu espelho. Uma equipe que é liderada de maneira correta segue seu líder, pois ele está junto dos colaboradores.

Um bom líder também sabe dar feedbacks e entende a importância de sinalizar o que está errado – e valorizar o que está indo bem. Deixe claro para cada um o que é preciso melhorar, sem discursos genéricos de “seu desempenho está ruim”… É preciso que ser direto, assertivo e objetivo, utilizando exemplos como “Sua produtividade está baixa porque você está chegando atrasado. Eu preciso que você chegue no horário todos os dias, está acontecendo algo?” Se possível, ofereça ajuda e se mostre aberto ao diálogo. 

Da mesma forma que você deve ser claro ao fornecer feedbacks, a equipe precisa saber quais são os objetivos e as entregas que devem ser feitas. Muitas equipes simplesmente não sabem o que é esperado delas, tanto individualmente quanto para o time. É importante alinhar expectativas e resultados, pois assim cada um sabe o que deve entregar no fim do mês, semestre, ou até do dia. Deixe muito claro o que é esperado de cada um, pois quando as regras são claras, o ambiente de trabalho se torna mais eficiente. 

O que devo fazer? Como começar?

Antes de mais nada, é preciso estabelecer o diálogo e relação com seu time.  Você nunca vai saber o que está acontecendo com toda a equipe se não os ouvir ativamente. Manter uma rotina de reuniões regulares pode ser desafiador, mas vai te ajudar muito nessa jornada! Acima de tudo, lembre-se: seja honesto e sincero, se quer respostas honestas e sinceras, e respeito vem acima de tudo. Aqui vão algumas dicas:

  1. Converse com todos em reuniões regulares com sua equipe. Assim, você consegue entender melhor o que cada um está fazendo e o seu trabalho passa a ser conectá-los com suas tarefas e metas, além de criar uma conexão consigo e com o resto da equipe. 
  2. Fazer reuniões individuais é essencial. Alí será o espaço para entender as motivações, problemas e construir uma relação de confiança com cada um. Além disso, é uma ótima oportunidade para repassar prioridades, alinhar expectativas e tarefas. 
  3. Peça feedback. Da mesma forma que o líder oferece feedbacks, ele também precisa saber o que está funcionando ou não. De início, você pode acabar recebendo respostas mais genéricas mas, conforme a relação evoluir e a confiança for estabelecida, seus colaboradores irão se abrir mais.

Depois de ouvir atentamente, é hora de agir. Pode ser difícil no começo, mas vai dar tudo certo – quanto mais confiança você ganha, mais as pessoas confiam em você. E ao longo do tempo, ser um líder é ser capaz de se adaptar e evoluir. 

E lembre-se: seu trabalho agora é ajudar todos os membros da equipe a alcançarem seu potencial e colocá-lo em prática, atingindo resultados cada vez melhores!